13/07/2021 22:17 - EM
Futebol
Roger comemora vitória, mas alerta: “Não está nada definido”
Técnico destacou a boa atuação da equipe contra o Cerro Porteño no Paraguai


A vitória por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño nesta terça-feira coloca o Fluminense em vantagem no confronto de oitavas de final da Libertadores. Isso não significa, porém, que a classificação já esteja sacramentada. Após a partida em Assunção, no Paraguai, o técnico Roger Machado celebrou o resultado, mas pediu para que time e torcida mantenham os pés no chão.

“Vencer fora de casa é sempre bom. Vencer pelo placar de 2 a 0 é um resultado importante. Porém, é importante frisar que não tem nada definido. Se estivesse definido, a disputa terminaria hoje. Respeitamos muito o Cerro e sabemos que a disputa está em aberto ainda. Mas conquistamos um resultado importante. Se tivéssemos empatado esse jogo, já iríamos considerar um resultado bom para poder decidir em casa. Imagina vencendo por 2 a 0”, destacou.



Leia mais: Eleito o melhor em campo, Nene vibra: "Passo importante para a classificação"

Para além do resultado, Roger viu na atuação do Fluminense outro motivo para festejar. Segundo o treinador, o Tricolor soube impor seu ritmo e conseguiu controlar as ações mesmo atuando fora de casa.

“Penso que aproveitamos bem. Criamos mais uma ou duas oportunidades que poderíamos ter concretizado em gols, mas, naturalmente, o adversário, com o placar adverso, vai se lançar à frente, com jogadores ofensivos e você terá que se defender um pouco mais perto de sua área. Então não tem nada demais ter sofrido um pouco, na medida que você não consegue dominar um adversário o tempo inteiro. Mas dominamos nos momentos mais importantes e a prova é que saímos com um resultado muito importante para a gente”, analisou o treinador, que completou:

Leia mais: Nene se torna o mais velho a marcar em mata-mata de Libertadores

“Foi termos conseguido organizar nossas ações ofensivas mediante a característica defensiva do Cerro. Conseguimos explorar os espaços que sabíamos que iriam aparecer se fizéssemos as movimentações certas. Depois de uma mudança de postura perto do fim do 1º tempo, o Cerro voltou para a partida, quando colocou dois jogadores mais à frente, fazendo com que tivéssemos, às vezes, que tirar um zagueiro da área para fazer cobertura nas laterais e de cruzamento criou algumas oportunidades boas de gol. Mas conseguimos controlar um adversário forte, criamos bastante mesmo jogando fora de casa e dessas oportunidades criadas conseguimos dois gols. Penso então que foi conseguir se aproveitar dos espaços que imaginávamos que aconteceria e, sobretudo, neutralizar as principais virtudes dos nossos adversários na maior parte do tempo”.

Após uma atuação muito sólida no primeiro tempo, mas que terminou sem gols, o Fluminense voltou com tudo na segunda etapa e marcou dois gols logo no início. Depois, Roger usou as substituições a que tinha direito para manter o ritmo e o controle da partida. Na entrevista coletiva após o duelo, ele explicou o que pretendia com as entradas dos jogadores descansados.

“Buscava, primeiro de tudo, contra-atacar com eficiência, ser contundente, mas também colocar jogadores descansados em campo, que pudessem manter o nível de intensidade que nos garantiu até ali o resultado positivo”, justificou.

Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC
 

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!





Umbro orig original
Betano original
Gazin original
Tim original
Patrocinio.jpg original
Hotelnacional original
Brahma original
Zinzane original
Orthopride original
Samoc original
Avanutri original
Aguiabranca original
Puri original
Bluepex original
Rentv original
Nhj original
Nb original
Telecall original
Thermohuman original
Bodymetrix original
Vaccini original
Top on original
Singular original
Opusseg original
Coachid original
Donna original
Estacio original
Cbc original
Dmcremocoes original
Prosoccer original
Fourtrade original
Phnorte original
Playermaker original